Absessão pelo corpo perfeito

Anorexia e bulimia são transtornos alimentares que afetam a saúde; saiba como reconhecer os sintomas.

A preocupação excessiva com a aparência física para se enquadrar em um padrão de beleza é responsável por diversos tipos de transtornos alimentares. A visão distorcida do próprio corpo interfere nas relações pessoais e profissionais, deterioram a saúde física e mental, podendo levar até a morte. Esses distúrbios atingem cerca de 70 milhões de pessoas no mundo, mas de 90% são mulheres jovens e adolescentes.

Anorexia e bulimia são transtornos alimentares mais conhecidos e os únicos que recebem essa denominação pela Organização Mundial da Saúde (OMS). As principais características da anorexia são a distorção da imagem e a dificuldade para se alimentar. A pessoa se olha no espelho e se vê gorda, mesmo estando muito abaixo do peso saudável e, por isso, acredita que precisa continuar emagrecendo. Quem sofre com a bulimia possui um peso dentro do normal, o que chama a atenção são os episódios de compulsão alimentar. De uma hora para outra , a pessoa ingere grandes quantidades de comida e depois provoca o vômito.

A obsessão por alimentos saudáveis também é uma doença, a ortorexia. O paciente não ingere nada com conservantes e analisa detalhadamente o valor calórico de cada produto. Os ortoréxicos costumam se afastar do convívio social, pois se recusam a consumir alimentos que não saibam a procedência ou que tenham sido preparados por outras pessoas. Entre os homens é cada vê mais comum a vigorexia, também um tipo de distúrbio de imagem. Apesar de fortes e musculosos, eles se enxergam fracos e franzinos, o que leva a prática exagerada de exercícios físicos.

É fundamental que familiares e amigos estejam atentos, pois quem sofre transtornos alimentares dificilmente reconhece o problema e procura ajuda médica por iniciativa própria. Vale lembrar que esses distúrbios também estão associados com problemas psicológicos, como ansiedade, depressão, síndrome do pânico e comportamento obsessivo.

Essas doenças podem ser fatais se não forem tratadas a tempo por meio de uma abordagem multidisciplinar. A mortalidade por anorexia, por exemplo, chega a 20%. A busca pelo corpo perfeito tem um preço alto e pode custar a vida.

 

Fonte: Revista Ofertão

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *